25 dezembro, 2009

Relicário de um amor...

Relicário é um objeto que permita guardar relíquias de um santo. Modernamente vem sendo utilizado como algo que se destine a guardar também hóstias e/ou imagens de santos.
Não quero transformá-la em santa, até porque não convém. Mas hoje, ultimo dia do ano que eu estarei na internet, resolvi dedicar um post à ela. Ela que eu não posso dizer o nome, mas que sabe que ela é ELA. Ela que tem habitado meu coração por algum tempo já, que por travessuras do tempo e do destino, quando podemos curtir nosso amor mútuo, não podemos desfrutar de nada por questões pessoais, mas que devem ser respeitadas. Nesses tempos ela não saiu da minha cabeça, nem do meu coração, nem dos meus dedos, muito menos do meu violão. Como disse o Vinícius "Fomos enganados pelo tempo e o amor chegou tarde demais. E o amor é sempre um sentimento que a separação não deixa em paz". É bem por aí, tirando a parte que o amor chegou tarde demais. Praticamente um ano engolindo situações e imagens traumatizantes, o amor, o sentimento lindo do amor não se esgotou. Achei que tivesse sentindo isso por outras que eu julgava serem ELA, mas não chegam nem aos pés d'ELA. Julguei que amava, por duas vezes, mas hoje percebo que era uma tentativa de substituir, de maquiar o que sentia por ELA que estava inatingível. Não como uma santa, mas como uma mulher mesmo.
Ao seu lado problemas não existem. Ao seu lado só tenho vontade de sorrir. Ao seu lado eu não quero saber de nada no mundo lá fora do nosso mundo juntos. Nós dois somos imbatíveis. Somos gerador de energia, somos força que nunca finda. ELA tem o dom de me erguer nos momentos mais complicados com um só abraço, ou um beijo. ELA tb tem o dom de me deixar lá em baixo, no meio de trevas quando não deseja me ver. E ainda de me deixar mordido de ciúme quando simplesmente me diz que tem outro compromisso. Isso eu acho que ELA faz só de birra, mas ela pode porque é ELA. Outra qualquer me faria virar pro lado e seguir meu caminho, mas meu caminho está aliado ao d'ELA. Isso eu tenho certeza. Ela me fez sorrir, chorar, sentir dor, angústia, alívio, orgulho, prazer, tesão, cócegas, segurança, insegurança, ciúmes e muito mais que tudo amor. Um amor que eu já julgava não existir. Uma coisa louca, como um furacão de fogo que queima ao mesmo tempo que refresca e causa uma loucura sem tamanho por onde passa. Uma mistura de todas essas sensações. ELA é linda, simpática, cativante, sedutora, sensual, encantadora, inteligente, meiga, baixinha, bravinha, talentosa e despertou em mim o sentimento mais lindo e verdadeiro que eu já senti na vida.
Ontem eu escutei essa música do Nando Reis e pensei nela o tempo todo. Quantas vezes ao lado d'ELA eu pensei "Porque está amanhecendo?" fique noite pra sempre pra que não tenhamos que nos separar.
No ano novo estaremos separados. Isso me causa uma dor grande, mas ao mesmo tempo sei que tenho que dar esse tempo à ELA. Fico torcendo pra que nossos caminhos se cruzem e fiquem cruzados por muito tempo. ELA sabe que eu ficarei pensando o tempo todo n'ELA.
"Só o cheiro do seu cheiro não consigo deixar pra trás. Impregnado o dia inteiro nessa roupa que eu não tiro mais." Ah, quantas manhãs acordei com o cheiro dela no meu corpo... A alegria sem medida que realmente chegará a explodir no dia em que eu puder mostrar e dizer a todos que estamos de fato juntos, sem medo de nada nem ninguém. Quando esse dia chegar, podem ter certeza que a energia do mundo vai mudar porque teremos um ser apaixonado num êxtase de felicidade que não haverá limite nem espaço pra mais nada! Só alegria e mais amor. Esse amor que está guardado em nossos peitos e esperando que possamos juntá-los.
ELA sabe muito bem que ela é ELA...



É uma índia com colar
A tarde linda que não quer se pôr
Dançam as ilhas sobre o mar
Sua cartilha tem o A de que cor?

O que está acontecendo?
O mundo está ao contrário e ninguém reparou
O que está acontecendo?
Eu estava em paz quando você chegou

E são dois cílios em pleno ar
Atrás do filho vem o pai e o avô
Como um gatilho sem disparar
Você invade mais um lugar
Onde eu não vou

O que você está fazendo?
Milhões de vasos sem nenhuma flor
O que você está fazendo?
Um relicário imenso deste amor

Corre a lua porque longe vai?
Sobe o dia tão vertical
O horizonte anuncia com o seu vitral
Que eu trocaria a eternidade por esta noite

Porque está amanhecendo?
Peço o contrario, ver o sol se por
Porque está amanhecendo?
Se não vou beijar seus lábios quando você se for

Quem nesse mundo faz o que há durar
Pura semente dura: o futuro amor
Eu sou a chuva pra você secar
Pelo zunido das suas asas você me falou

O que você está dizendo?
Milhões de frases sem nenhuma cor, ôôôô...
O que você está dizendo?
Um relicário imenso deste amor

O que você está dizendo?
O que você está fazendo?
Por que que está fazendo assim?
Por que que está fazendo assim?

Talvez um dia, esse post não faça mais sentido. Eu posso descobrir que ela não é ELA, mas hoje, no meu coração, faz todo o sentido do mundo.

3 comentários:

Mayra disse...

Que lindo, meu querido! E que orgulho saber que ainda existe homem capaz de amar tão intensamente! Que tudo de certo! Ou que ocorra como deve ser. Mas torço pela sua felicidade!!! Adooooro meu "Último Romântico"! Bjus da Magrela

Cristina Loureiro dos Santos disse...

Lindo!
Feliz 2010 para os dois :)

Beijos.

Presa num apartamento vivendo de solidão ♪ disse...

Que texto lindo. Que amor. Poucos são os que sabem amar dessa maneira. ADOREI.

Beijos