13 junho, 2007

O meu povo tá doente...


Pois é...
No feriado do dia 7 (o tal do Corpus Christi), lá estava eu sossegado pegando meu honesto ônibus indo para o meu descanso, quando de repente, não mais que de repente (viva Vinicius!) uma trupe de "fiéis" alucinados (seria melhor se fossem os gaviões) invade o busão! Puta merda, será que está escrito (como eles mesmo vivem dizendo) em algum lugar, seja em um post-it, que pra "louvar o senhor" tem que ser chato pra caramba?
Porra, a prefeitura já mandou eles lá pra num sei onde fazer a tal marcha pra jesus que é pra eles deixarem a Av. Paulista em paz. Ou então alguém precisava mostrar pra esse povo que Jesus não está em nenhuma das pontas da Av. Paulista. Têm que mudar o caminho, o destino da marcha, sei lá...
Bom, eles entraram no busão fazendo a maior bagunça, importunando todo mundo com seus "cantos de louvor", "hinos" e todo tipo de baboseiras que se ficassem dentro dos templos construídos com o que sobra do dinheiro dos fiéis (sim, porque antes tem que manter a casa dos Hernandes lá nos EUA) tava tudo menos pior. Mas nãããão! Eles têm que gritar, berrar e ficar um mostrando pro outro que a sua faixinha escrito "Jesus é isso, jesus é aquilo" é mais bonita que a do outro. Fala sério. O farol abre eles mandam "Jesus seja louvado!", o ônibus faz uma curva "Entregue na mão de Jesus!". Fala sério... Jesus deve estar é muito puto com isso tudo. Será que eles lembram do não usar o santo nome em vão? Bom, sei lá. Só sei que fiquei extremamente incomodado com aquela falta de respeito. Já num chega eles fazerem aquele barulho absurdo nos templos? Sem falar que esses templos tb estão isentos de uma porrada de impostos. Que coisa né? Ah e ainda querem garfar grana destinada à cultura (que já é tão estuprada) pra construir e reformar essa porra toda!
Passado o pesadelo, liguei meu radinho (louvado seja deus! Ai, me contaminei!) e começo a escutar um disco do João Nogueira. E ele me deu um recado. Recado que me fez escrever isso tudo. Um Batucajé dele com o Wilson Moreira que eu concordo plenamente. O meu povo está doente...
Tentei colocar o áudio da música aqui, mas não sei como fazer isso. Logo logo acho uma solução. Por enquanto, aí vai a letra da música e o disco completo para que possam curtir essa obra do João.

Batucajé (João Nogueira e Wilson Moreira)
Fez mandinga
Fez mandinga ô ô
Para que os meus caminhos se fechassem
Para que os inimigos comigo cruzassem
Ô... fez mandinga
Ô curimbá
Bambaleê! Curimbá! Bambaleê
Ô saravá nos terreiros d'Angola!
Agô! Agô todos os Orixás!
Num batucajé que vai ao longe eu canto pro meu pai Oxalá!
Oxalá!
O meu povo tá doente.
Dê proteção pra essa gente
Que já não sabe o que faz.
Oxalá!
Ogum mandou me dizer
Que é pra eu pedir pra você
Que ele só não pode mais.
São muitos guerreiros brancos
Na frente, atrás, nos flancos!
De histórias pré-fabricadas
De gritos alucinantes
E cordas desafinadas.
Fazendo um ruído louco
Deixando o ouvido mouco.
Batam palmas para nada!
Oxalá!
Meu samba virou segredo.
O meu povo tá doente
Minha gente tá com medo.
Oxalá!
Três dias é pouco pra gente sambar
No batucajé que vai ao longe eu canto pro meu pai Oxalá!

Um comentário:

Preludiando disse...

Realmente não dá ... Chega de colocar JESUS e meu DEUS nas sacanagens do povo. Na verdade,
tudo isso está na mentalidade de
uns fanáticos que acham que JESUS se mete na vida financeira das pessoas. Parece até que DEUS é Banco, financeira ou agiota. Tenho muita FÉ em DEUS e não consigo resolver nada na vida sem o terço na mão. Acredito na ressurreição e me reforço e me alimento na FÉ em Jesus e no meu bom DEUS. Mas o que esses fanáticos fazem é exatamente ao contrário. Transformam as ruas em baderna e nem batuque de samba ou choro tem. É uma vozeria braba irritante e brochante. Valha-nos DEUS ! tende piedade da nós.
Calma BISDRÉ, a música do João alivia tudo.