30 janeiro, 2007

Meu amigo Tom Jobim

Continuando a saga de aprender como se usa isso aqui, vamos ver se consigo compartilhar com vcs alguma coisa do nosso maestro soberano. Tom Jobim, que faria aniversário na semana passada, foi um dos principais compositores e símbolos de nossa música. Mesmo assim, só ganhou um "especial" de meia hora na TV. E ainda por cima só se lembram dele quando convém pra mídia. Mas paciência. Nós ficamos aqui eternizando sua obra e sua imagem do jeito que dá. Tom, pra mim, é mestre, é professor de harmonia, de música e sentimento. É guru, pois sempre que ele fala parece que tudo para ao meu redor. É o que faz minha alma mais tranqüila. Basta ouvir uma música de Tom que parece que o mundo fica perfeito aos meus olhos. Só tenho uma frustração na vida: Não ter visto Tom ao vivo. São sei o que faria... Talvez o abraçasse, forte, muito forte, com os olhos cheios de lágrimas sem conseguir falar nada. Talvez só olhasse... não sei... Só sei que Tom, pra mim é fantástico!

Nenhum comentário: