27 novembro, 2012

Pra Lu (1)

Senti sua falta hoje... Na verdade ainda sinto. Andando de lá pra cá no quarto cheio do vazio da minha amada. Toda despedida dói mesmo sabendo que no dia seguinte vê-la-ei linda e sorridente vindo em minha direção. Mas porque essa saudade tão apertada? Esse aperto no coração? Ela merece descansar, merece respirar, mas merecíamos juntos. Por um destino maluco que cisma em estragar todos os meus planos... não estamos juntos dessa vez. Mas logo chega amanhã... logo chega depois de amanhã e ela volta, como sempre linda, sorridente e cheia de carinhos, agrados e do amor que dei (e acredito que dou ainda) pra ela em uma tarde ensolarada de outubro em uma cidadezinha do interior. Um amor sem medida porque não se mede o infinito. Enquanto isso fico aqui... sozinho, rolando na cama, andando a esmo pela casa cheia da sua ausência. Te esperando, como faço todos os dias que temos que nos despedir mesmo que só até o dia seguinte.

14 agosto, 2012

Eu também quero reclamar

O título parafraseando o maluco beleza Raul Seixas, veio à calhar. Ô povo que reclama sem precisar esse povinho brasileiro! Depois de muito tempo fui ver nossa participação no encerramento das olimpíadas. Sinceramente, ouvi muita reclamação. Foi pobre, só mostraram samba e índio, fizemos feio, é isso que querem que achem que é o Brasil... Na boa... Pra quem é reconhecido no mundo como bunda, vagabundos, prostitutas, sexo e crimes, parece que o comitê mostrou algo que realmente temos, não é? Na hora de falar que defende os índios, todo mundo bate palma, grita, coloca fotinho falando que tá indignado no facebook... na hora que mostra os verdadeiros donos de Pindorama, aí tem vergonha? Ah, vai chupar um parafuso até virar prego, vai. Com a parte de Iemanjá foi igual. É um bando de gente dizendo que a cultura religiosa é livre e tal... daí mostra uma deusa que é muito mais venerada que o próprio Jesus Cristo nesse país e o babaca cai de pau. Mermão... vai procurar o que fazer. Na boa... em vez de "tchus e tchas", "camaros amarelos", "vou pegar você e tãe", "senta na garrafa", "sacode a bunda e levanta a mão"... esses lixos que infelizmente nos representa lá fora, chegamos com nossa alegria, com Iemanjá, com Heitor Villa-Lobos e sua Bachiana 5, com Seu Jorge cantando Simonal, com os Índios indo ver o que estava acontecendo, com o Maracatu Atômico de Jorge Mautner relembrando Chico Science, com a ternura do nosso povo mandando um abraço a todos e com o Rei Pelé. Entende? Podem falar mal dele, mas o cara é sim o maior jogador de futebol que o mundo já viu (depois do Garrincha, segundo ele mesmo). Atleta do século, Rei do Futebol, Tricampeão do mundo pela seleção e Bi pelo Santos e um cara que é conhecido em qualquer parte do mundo. QUem tem isso? NÓS TEMOS! Então antes de reclamar e falar merda, seu babaca reacionário de bosta, presta a tenção, vai estudar e seja coerente. Concordo que os cantores não mostraram todo nosso potencial, mas é o que eles conhecem. Temos 4 aos pra chegar em algum lugar e quem sabe estaremos todos os que brigam pela imagem positiva do Brasil lá em cima e homenageando nosso lindo país. Eu, sinceramente só não entendi porque um cidadão chamado B-Negão meteu um treco branco na cara toda. Alguém mais ligado ao Maracatu que eu (isso não é difícil de achar) poderia me explicar se há alguma ligação em pintar a cara de branco e o maracatu em si? Obrigado Ah! E pra todos aqueles que tão crucificando o Mano Menezes pelo fracasso nas olimpíadas de Londres, lembrem que esse ano tem eleições e até as olimpíadas teremos pelo menos mais uma, então não façam merda, por favor. Em vez de se preocupar demais com a seleção de futebol que fica em segundo, se preocupem com nossa educação que tá abaixo do 30o., com nossa saúde pública que sei lá onde tá... E, como fizeram com o Mano, culpem os verdadeiros culpados dessa baderna chamada Brasil que criamos: NÓS MESMOS, o povo que coloca ladrão no poder. Imagina... um ex-presidiário não pode arrumar emprego porque ele pode ser uma péssima influência, mas temos até um procurado da Interpol no nosso senado federal. Tem certeza que é pra sentir vergonha da prata no futebol, do índio chegando na Olimpíada e da Iemanjá cantando Villa-Lobos?

04 dezembro, 2011

Violões Brasileiros

Oi galera! Depois de um longo ano... cá estou. esse ano eu fui convidado pelo meu grande amigo e parceiro Emerson Urso pra fazer um programa de rádio na nossa Radio Samba. Infelizmente os arquivos que eu mandei deram pau a partir do programa número 4. Daí resolvi colocar aqui pra galera baixar e curtir os programas quando puderem. O Programa Violões Brasileiros se propôs a apresentar algumas vertentes do nosso violão. em cada programa eu falo de uma vertente diferente. Espero mesmo que vcs gostem dos programas. Esse primeiro é sobre o violao acompanhante. Aquele que muita gente esquece dele. Mostro dois discos em especial: Paulinho da vola; Memórias Chorando - e Zélia Duncan; Eu me transformo em outras. Não falarei muito pra que vcs escutem a locução feita com muito carinho. Beijos e abraços Link para baixar

01 fevereiro, 2011

Meu Botafogo!


Eu bem poderia ser flamenguista, como meu pai queria, mas eu acho que qualidade de vida é melhor que achar que se ganhou um título lá em 1980 e qualquer coisa. Eu bem poderia ser vascaíno mas ser chamado de bacalhau não é legal. E nem meu avô que era português torcia pelo pior time dos estaduais pelo Brasil. Eu bem podia ser torcedor do Fluminense mas veja bem: Flamengo é Mengão, Vasco é Vascão (sabe se lá porque), Corinthians é Timão, Palmeiras é Verdão, Botafogo é Fogão... Só o Fluminense e o São Paulo são "tricolor". No mínimo suspeito... Falando em Botafogo, eu bem que poderia não ser Botafoguense mas a vida sem aquela estrela solitária não faria o menor sentido!
Vamos, meu Botafogo querido!!!!!

25 janeiro, 2011

São Paulo: Cidade Careta!


É isso aí amigos... no aniversário de São Paulo aí vai minha sincera homenagem à cidade mais careta do mundo! "A cidade que não dorme" porque aqui, se dormir alguém leva seu carro. "A cidade que não para" mas também não anda! Basta chover um pouquinho que pronto! "São Paulo que amanhece trabalhando" como diz a canção! Só pra chegar ao trabalho já é um trabalho.
Aí vcs me perguntam: Porque é uma cidade careta? Olhem ao redor! Olhem a que somos submetidos. Uma corrente daquelas de extremo mal gosto onde não podemos fazer nada de nada quando o assunto é diversão ou relaxar. Não é à toa que a moda dos condomínios fechados onde se tem locadora, padaria e tudo mais sem precisar cruzar os muros do feudo que chamamos casa vem crescendo tanto.
Alguém parou pra pensar como é difícil ir a um bar por exemplo? Hoje não se pode mais nada. Nossos governantes... ah esses homens queridos... todos ficha-limpa e tudo mais né? A ficha pode ser, mas a carreira e a cidade continuam cada vez mais sujas e feias.
Olha só... Hoje vc vai a um bar. O estabelecimento não pode mais cobrar a famosa "consumação mínima" que pensando bem é ruim mesmo vc ser obrigado a consumir alguma coisa no estabelecimento, mas muito pior é vc agora pagar o que viraria consumo só pra pisar no lindo chão dos lugares. Perde o público, perde o dono do lugar e perde quem trabalha. Viva!
Daí o que rola? Achamos um bar onde não paga nem pra entrar, nem pra sentar, nem consumação mínima. Ótimo! Engana-se... Alguém tem vontade de fumar. Tem que sair porque não pode mais fumar dentro de bar. Ora, todo mundo sabe que a poluição de sampa se deve aos cigarros acesos nos bares. E depois dessa lei, o ar na cidade melhorou e muito. É só dar uma passeada ali na Bandeirantes, na Sumaré, na Ibirapuera... Que ar mais puro! Se tá mesmo preocupado com a saúde da população para de vender essa porra em todas as padarias! Deixem de ser hipócritas! Enfim... o cara sai pra fumar. Sai mais gente com ele. Daí rola um barulho na rua e já estamos infringindo mais uma lei: A lei do Psiu. O engraçado é que o troço é medido na frente do bar e o limite é ridiculamente impossível de se cumprir. 2 pessoas conversando tranquilamente já fazem mais "barulho" que o limite aceitável estipulado pelo vagabundo que criou essa palhaçada. Engraçado que não existe PSIU pros ônibus que não passam por revisão, pros caminhões que fazem muito barulho e nem pras coisas que chama de igrejas e fazem a maior baderna. Mais uma vez a hipocrisia se faz presente. O cara que reclama não diz que tá alto e ele num consegue dormir? Vai medir na casa do cidadão pra ver se o barulho lá realmente tá alto.
Bom, aí o cara não bebe nada alcoólico porque tá de carro.

Essa é a única lei que realmente funciona e ainda consigo ver uma preocupação com a população. Beleza. Mas se o cara resolve beber, das duas uma: ou ele tem muita grana pra pagar o taxi pra casa ou ele fica na rua até as 5 da manhã porque NÃO TEM ÔNIBUS DE MADRUGADA NESSA PORRA! Ai cacete! Mas não é a cidade que não para e nunca dorme? Porque caralho não tem linha de ônibus de madruga? Porque cacete o metrô não funciona? A gente paga preços absurdos pelo transporte coletivo que quando é pra servir a população ele não existe? Que cidade exemplar.
Pois é... vc vai ao bar e pra fumar tem que sair, se sair não pode fazer barulho por causa do psiu, se beber não pode dirigir por causa da lei seca, se beber e não estiver dirigindo não volta pra casa! Ou seja CIDADE CARETA! Fiquem em suas casas!
Ah tem mais uma que não me desce: A lei cidade limpa! Do nosso gênio Gilberto nunKassab. Estamos vendo mesmo a cidade limpa de outdoors, mas quando vamos ver a cidade limpa de lixo nas ruas? Esse lixo que entope as galerias de água? Quando vamos ver a cidade sem enchentes? Nunca! Porque o desastre é rentável. E muito rentável, já a prevenção não é. E nem pra ajudar as vítimas eles põem a mão no bolso porque é tanta doação de todo lado que pra eles é mais grana pública que pode virar frango, cesta de natal ou passagem internacional nessa época de enchentes como alguns governantes fizeram. Depois reclamam de um palhaço assumir um cargo onde ele foi mais votado. Em vez de reclamar não deviam ter votado nele! Mas se bem que vendo tudo isso, agora sim temos um representante igual à nós lá na casa! Porque somos um bando de palhaços que continua aturarando essa merda toda. Agora com a merda até a cintura em alguns bairros de sampa quase todos os dias.
Parabéns São Paulo! Que piada...


legenda: proibido transar em skates, biciletas e motos. (ao menos na nossa cama ainda podemos)

16 agosto, 2010

A verdade nua e crua

Dói... dói demais. Infelizmente ainda dói um pouco a sua ausência. Sei que não deveria. Depois daquela volta do Rio de Janeiro tudo começou a ficar muito mais doído. COmo eu imaginava, isso iria acontecer. Não era problema seu, como vc tinha me dito. E sim, meu. Ao contrário do que vc tinha dito. Mais uma vez eu tinha razão. Você nunca me amou, sequer gostou de mim. E eu fui mesmo, como eu tinha dito um passatempo. Uma boa opção, mas somente opção. Quando viste que eu gostei mesmo de vc, que eu estava te amando, foi ligeira o bastante pra sair pela tangente e ainda por cima me deixar pensando nisso. Quantas noites choradas por vc. Quantas noites pensando em vc. Quantas noites com vc, achando que eu era especial. Mas claro... porque eu seria especial? Sou só mais um. Hoje soube do seu novo namoro. Não pela sua boca, pois nem pra isso vc teve a fineza de me falar. E depois vem com querido, tenho saudade e toda essa baboseira que eu deveria ter aprendido que nao passam de palavras vazias vindas da sua boca. Fiquei surpreso ao saber da novidade que eu já suspeitava. Mas fiquei mais surpreso em perceber que isso nao me causou tristeza. Em outra época eu ficaria arrasado. Mas saber que vc estava namorando foi uma notícia um tanto chocante. Eu cheguei a me perguntar. Porque? Mas a resposta estava sempre na minha cara. eu não quis ver. Vc nunca gostou de mim. Eu era apenas um cara que fazia vc se sentir bem. Te elogiava, te acarinhava, te fazia gozar como nunca. Era uma boa cama acompanhado de um bom colo. Não digo que uma página foi virada. MAs um livro foi fechado. eu passei, como já havia passado há muito na sua vida. Depois de ceninhas de ciúme sem razao que vc deu, de eu me negar à pessoas que realmente me quiseram em respeito a não te magoar... pra que tudo isso? Pra eu ser tratado como mais um. Realmente magnífico. Fecha com chave de outro sua participação em minha vida. Há muito tempo te sinto como uma estranha em minha história. Uma pessoa que dizia que tinha tanto carinho, tanto esmero, que cuidava de um amor que declaradamente eu sentia por vc, que aorava a nossa amizade... do nada ficar fria e distante? Nós não nos conhecíamos mais. E realmente hj vejo que não a conheço mesmo. Ou talvez a conheça tao bem que eu tinha medo de ver a verdade. De ver quem vc é. Nossas vidas se cruzam pois moramos ao lado um do outro. Não lhe faltará educação da minha parte, pode ter certeza. Mas infelizmente nossa história, que um dia eu acreditei que seria, ou poderia ser linda, pelo amor que eu senti por vc e pelo amor que vc disse que sentia por mim e que eu acreditei mesmo que pudesse ser meu em breve, se tornou esse filme ruim. Tantas juras pra que? Tanto sentimento bonito, em troca de que? Agora estamos mais separados que nunca. Só desejo que vc seja feliz, pois eu aprendi a não desejar o mal a ninguém. Se vc deseja o mesmo pra mim, eu sinceramente duvido. Acho que será muito difícil eu acreditar em qualquer coisa vinda de vc, ao menos durante um bom tempo. Nunca digo nunca, pois nunca é muito. Engraçado... não consigo chorar por vc, como eu já chorei. Não consigo pensar com ternura em vc, como eu já pensei. Quando penso em vc so consigo pensar em adeus.
Como diz um samba do Paulinho da Viola... "A gente esquece um samba e faz um outro samba. A gente perde um grande amor e acha um novo amor. Você morreu em meu peito e em meu peito nasceu, não um novo amor, mas essa indiferença sem saudade, sem desprezo e sem rancor." Não sei se vc terá a fineza de evitar aparecer onde eu esteja trabalhando, pois nunca teve isso, mas é a última coisa que te peço. Se é que vc é capaz de sentir ainda qualquer sentimento por mim. Enfim... Eu tenho evitado aparecer à sua presença. Infelizmente só me arrependo de duas coisas... De ter compartilhado com vc duas das coisas mais lindas que eu tenho: Meu sincero amor, que se é que vc acredita nisso, foi verdadeiro ao extremo e ter te levado à minha cidade como presente de aniversário.
Sem mais...
Adeus.

11 maio, 2010

Boas surpresas voltando...

Oi gente! Nossa, quanto tempo que nao me vinha uma vontade de escrever aqui. Mas esse domingo foi um dia muito especial pra mim. Sei que as pessoas entram e saem das nossas vidas. Algumas ficam pra sempre. Isso eu sou muito feliz em dizer que tnho muitas pessoas que sei que ficarão pra sempre comigo. Algumas eu descobri com pesar, que nao ficarão ou talvez até que já não estão. Pelo comportamento desnecessariamente gelado que assumem ou outras coisas. Enfim, vim falar de coisas boas.
Dessas pessoas que achei que não veria mais, domingo me apareceu uma pessoinha de quem eu guardo muito, mas muito carinho! Lá ia eu pra mais uma noite de forró, onde eu ia tocar com meus grandes amigos Renan, Paulinho e Heitor. Até aí tudo bem. COmeçamos a tocar e tal, eis que me dou conta que existia uma menina lá que eu sabia que conhecia. Fiquei tocando e procurando nas minhas memórias quem era ela. Quando descobri, quase que o triângulo caiu da minha mão: Caraca! é a FABI!
Ela apareceu do nada! hahaha Foi a surpresa mais linda que tive ultimamente. É... não tenho tido muitas surpresas boas... Essa ganhou de longe! A Fabi foi minha primeira namoradinha. Éramos crianças, eu só queria saber de vôlei. Foi um namoro bem infantil, mas que eu guardava na lembrança. Já tinha pensado em reencontrá-la, mas como? Enfim, meu irmão e o Capota me fizeram esse favor. A trouxeram pra perto.
Quando soube quem era, comentei com o Renan. Eu nem ia comentar isso com ela, com receio que ela nem lembrasse, afinal, foram tantos anos que passaram... Pra minha surpresa, ela lembrou e comentou. Que lindo! hahaha
Não tenho tanto pra escrever assim, mesmo porque o que eu senti no reencontro é uma coisa muito minha. Esse papo de romântico, sabe? Que anda meio fora de moda. Mas minha vontade era de pegá-la no colo, mas ela cresceu. E acho que pegá-la no colo não seria lá uma boa idéia no meio de um lugar onde ela nao conhecia ninguém. Então, ficquei abraçado com ela o tempo todo que eu não estava tocando. Ficamos lá conversando, falando das pessoas, do passado e obviamente festejando nosso reencontro que demorou pelo menos 14 anos.
Quanta felicidade! Espero vê-la novamente em breve. Muito em breve e que nós não fiquemos tão distantes, pois ela é uma companhia muito agradável.
Fabi, linda! Muito obrigado por reaparecer e deixar a minha vida mais bonita. Você continua sendo muito especial pra mim. Mil beijos.

25 dezembro, 2009

Relicário de um amor...

Relicário é um objeto que permita guardar relíquias de um santo. Modernamente vem sendo utilizado como algo que se destine a guardar também hóstias e/ou imagens de santos.
Não quero transformá-la em santa, até porque não convém. Mas hoje, ultimo dia do ano que eu estarei na internet, resolvi dedicar um post à ela. Ela que eu não posso dizer o nome, mas que sabe que ela é ELA. Ela que tem habitado meu coração por algum tempo já, que por travessuras do tempo e do destino, quando podemos curtir nosso amor mútuo, não podemos desfrutar de nada por questões pessoais, mas que devem ser respeitadas. Nesses tempos ela não saiu da minha cabeça, nem do meu coração, nem dos meus dedos, muito menos do meu violão. Como disse o Vinícius "Fomos enganados pelo tempo e o amor chegou tarde demais. E o amor é sempre um sentimento que a separação não deixa em paz". É bem por aí, tirando a parte que o amor chegou tarde demais. Praticamente um ano engolindo situações e imagens traumatizantes, o amor, o sentimento lindo do amor não se esgotou. Achei que tivesse sentindo isso por outras que eu julgava serem ELA, mas não chegam nem aos pés d'ELA. Julguei que amava, por duas vezes, mas hoje percebo que era uma tentativa de substituir, de maquiar o que sentia por ELA que estava inatingível. Não como uma santa, mas como uma mulher mesmo.
Ao seu lado problemas não existem. Ao seu lado só tenho vontade de sorrir. Ao seu lado eu não quero saber de nada no mundo lá fora do nosso mundo juntos. Nós dois somos imbatíveis. Somos gerador de energia, somos força que nunca finda. ELA tem o dom de me erguer nos momentos mais complicados com um só abraço, ou um beijo. ELA tb tem o dom de me deixar lá em baixo, no meio de trevas quando não deseja me ver. E ainda de me deixar mordido de ciúme quando simplesmente me diz que tem outro compromisso. Isso eu acho que ELA faz só de birra, mas ela pode porque é ELA. Outra qualquer me faria virar pro lado e seguir meu caminho, mas meu caminho está aliado ao d'ELA. Isso eu tenho certeza. Ela me fez sorrir, chorar, sentir dor, angústia, alívio, orgulho, prazer, tesão, cócegas, segurança, insegurança, ciúmes e muito mais que tudo amor. Um amor que eu já julgava não existir. Uma coisa louca, como um furacão de fogo que queima ao mesmo tempo que refresca e causa uma loucura sem tamanho por onde passa. Uma mistura de todas essas sensações. ELA é linda, simpática, cativante, sedutora, sensual, encantadora, inteligente, meiga, baixinha, bravinha, talentosa e despertou em mim o sentimento mais lindo e verdadeiro que eu já senti na vida.
Ontem eu escutei essa música do Nando Reis e pensei nela o tempo todo. Quantas vezes ao lado d'ELA eu pensei "Porque está amanhecendo?" fique noite pra sempre pra que não tenhamos que nos separar.
No ano novo estaremos separados. Isso me causa uma dor grande, mas ao mesmo tempo sei que tenho que dar esse tempo à ELA. Fico torcendo pra que nossos caminhos se cruzem e fiquem cruzados por muito tempo. ELA sabe que eu ficarei pensando o tempo todo n'ELA.
"Só o cheiro do seu cheiro não consigo deixar pra trás. Impregnado o dia inteiro nessa roupa que eu não tiro mais." Ah, quantas manhãs acordei com o cheiro dela no meu corpo... A alegria sem medida que realmente chegará a explodir no dia em que eu puder mostrar e dizer a todos que estamos de fato juntos, sem medo de nada nem ninguém. Quando esse dia chegar, podem ter certeza que a energia do mundo vai mudar porque teremos um ser apaixonado num êxtase de felicidade que não haverá limite nem espaço pra mais nada! Só alegria e mais amor. Esse amor que está guardado em nossos peitos e esperando que possamos juntá-los.
ELA sabe muito bem que ela é ELA...



É uma índia com colar
A tarde linda que não quer se pôr
Dançam as ilhas sobre o mar
Sua cartilha tem o A de que cor?

O que está acontecendo?
O mundo está ao contrário e ninguém reparou
O que está acontecendo?
Eu estava em paz quando você chegou

E são dois cílios em pleno ar
Atrás do filho vem o pai e o avô
Como um gatilho sem disparar
Você invade mais um lugar
Onde eu não vou

O que você está fazendo?
Milhões de vasos sem nenhuma flor
O que você está fazendo?
Um relicário imenso deste amor

Corre a lua porque longe vai?
Sobe o dia tão vertical
O horizonte anuncia com o seu vitral
Que eu trocaria a eternidade por esta noite

Porque está amanhecendo?
Peço o contrario, ver o sol se por
Porque está amanhecendo?
Se não vou beijar seus lábios quando você se for

Quem nesse mundo faz o que há durar
Pura semente dura: o futuro amor
Eu sou a chuva pra você secar
Pelo zunido das suas asas você me falou

O que você está dizendo?
Milhões de frases sem nenhuma cor, ôôôô...
O que você está dizendo?
Um relicário imenso deste amor

O que você está dizendo?
O que você está fazendo?
Por que que está fazendo assim?
Por que que está fazendo assim?

Talvez um dia, esse post não faça mais sentido. Eu posso descobrir que ela não é ELA, mas hoje, no meu coração, faz todo o sentido do mundo.

19 dezembro, 2009

Utilidade Pública

Então! Quando junta um bando de bebum sem o que fazer, um grupo de e-mail na internet e muita paciência dá nisso! E claro! se não fosse a mãe da Luciana, não saberíamos disso. Achei de extrema utilidade. E vai tb em homenagem ao Saulo, que desde que nos conhecemos ele vem pensando nisso.

Como gelar a cerveja rapidamente?????
A carne já está na churrasqueira ...


Aí, a galera chega com latas e mais latas de cerveja. Estupidamente quentes. Como gelar?


O professor Cláudio Furukawa, do Instituto de Física da USP vai responder essa questão.
É simples: Gelo no isopor, Para cada saco de gelo, coloque 2 litros de água e meio quilo de sal e meia garrafa de álcool.
A água aumenta a superfície de contato, o sal reduz a temperatura de fusão do gelo(ele demora mais para derreter) e por uma reação química o álcool retira calor.
Os físico-químicos denominam o líquido de "mistura frigorífica" :GELO, ÁLCOOL, SAL E ÁGUA!
A mistura frigorífica é barata e a cerveja fica no ponto de bala em 3 minutos. E esperar três minutos não é nenhum sacrifício, né?
Lembre-se de lavar a latinha ao retirá-la do isopor de forma a eliminar o gosto meio salgado que fica na tampa da lata. Para mulheres, crianças e frescos, vale lembrar que a técnica funciona também para garrafas pet de refrigerantes e latinhas em geral.

Se dá certo eu num sei. Mas que a explicação é boa, é! Então vale tentar.
Bom churrasco!